Robert Mugabe, o primeiro líder pós-independência do Zimbábue, morreu aos 95 anos

Robert Mugabe, o primeiro líder pós-independência do Zimbábue, morreu aos 95 anos.

Ele morreu após enfrentar problemas de saúde, confirmou sua família à BBC. Mugabe estava internado em Cingapura desde abril.

Ele foi deposto em um golpe militar em novembro de 2017, terminando três décadas no poder. Ele venceu a primeira eleição do Zimbábue após a independência, tornando-se primeiro-ministro em 1980. Aboliu o cargo em 1987, tornando-se presidente. Obituário: Robert Mugabe AO VIVO: Reação à morte de Mugabe Em imagens: A vida dos primeiros anos de Robert Mugabe Mugabe foi elogiada por ampliar o acesso à saúde e educação para a maioria negra.

Mas seu controverso programa de reforma agrária provocou um colapso econômico e seus últimos anos foram marcados por violações de direitos e corrupção. Seu sucessor, o presidente do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, expressou sua “maior tristeza”, chamando Mugabe de “pai fundador do Zimbábue” e “um ícone da libertação”. @edmnangagwa É com a maior tristeza que anuncio a morte do pai fundador e ex-presidente do Zimbábue, Cde Robert Mugabe (1/2) – Presidente do Zimbábue (@edmnangagwa) 6 de setembro de 2019 Nascido em 21 de fevereiro de 1924, na então Rodésia. Ele ficou preso por mais de uma década sem julgamento depois de criticar o governo da Rodésia em 1964.

Em 1973, enquanto ainda estava na prisão, foi escolhido como presidente da União Nacional Africana do Zimbábue (Zanu), da qual era membro fundador.

Deixe uma resposta